Aprender desenho

Com certeza se você chegou até aqui é porquê tem muita vontade de aprender a desenhar. É bem provável que não saiba por onde começar ou que tenha dificuldades em aprender. Talvez já chegou achar que aprender desenho é algo impossível.

Se for isso mesmo é bom saber que aprender desenho, mesmo que do zero é perfeitamente possível. Tem um montão de gente que nem sabia empunhar um lápis e hoje desenha com desenvoltura de dar inveja.

Definitivamente, se alguma vez achou que era impossível, posso assegurar que estava completamente enganado, ou enganada, e é isso que pretendemos mostrar a seguir.

Não importa que modalidade de desenho você mais se identifica, afinal são muitas como veremos a seguir. Ao longo desse site enumeramos algumas delas que vão deixá-los muito interessados.

Como desenhar mangás

Aprender desenho - como desenhar mangásVamos começar falando sobre como desenhar mangás, mas antes é bom lembrar que os mangás são originários da cultura japonesa, e se traduzem pela forma de contar histórias através de desenhos em quadrinhos.

Podemos dizer que são desenhos encantadores e com estilo único. Os mangás se diferenciam acima de tudo pela forma com que são apresentados para nós do mundo ocidental, já que a leitura é feita de trás para a frente.

Mangás são um estilo narrativo de contar histórias em quadrinhos bastante típico no Japão, que ganhou força e se consolidou definitivamente após a segunda guerra mundial.

Aprender a desenhar Mangás

Agora indo direto ao assunto vamos falar de como se aprende a desenhar mangás. Sem mistérios e sem segredos, apenas seguindo um método infalível que tem funcionado para muita gente.

Todos os detalhes, assim como os métodos utilizados são de autoria da Mayara Rodrigues, especialista nessa arte e podem ser vistos na outra página desse site. Para ir até lá você pode clicar aqui ou acessar a página “como desenhar mangás” no menu acima.


Curso de desenho realista

desenho realistaVocê gostaria de saber mais sobre a modalidade de desenho realista e quais são as técnicas envolvidas em todo processo de criação?

Agora você terá a oportunidade de saber conhecendo o Alexandre Porto, criador de um método incrível que levará você a compreender o realismo de um desenho em seus mínimos detalhes.

Como todos nós sabemos, fazer desenho realista não é fácil, no entanto com um pouco de orientação e prática é possível aprender. É definitivamente um investimento muito valioso porque você saberá como desenhar pessoas com aparência real.

Isso será muito útil, porquê além da satisfação pessoal poderá abrir algumas portas de trabalho ligadas a esse ramo.

 

Alexandre Porto – o mestre do desenho realista

Para que você possa aprender a desenhar com alto grau de realidade e sair com vantagem, vou convidá-lo a aprender desenho com  com o melhor de todos, que em minha opinião é o Alexandre Porto.

Ele elaborou um excelente método que ensina desenho realista através de conceitos que foram  estudados e amplamente aperfeiçoados. Isso tudo resultou em um curso totalmente voltado para alcançar o realismo impactante com o manuseio de um lápis.

Eu acompanhei passo a passo algumas lições e pude perceber que ele como grande profissional que é, nos envolve em vários aspectos importantes no ensino do desenho.

Pude perceber como é a técnica empregada no desenho básico, e como conseguir a perfeição na proporção de cada uma das partes do corpo humano.

Descobri que aprender a desenhar pessoas com alto grau de realidade, além de ser uma atividade gratificante, pode trazer enorme satisfação, e que embora pareça ser uma coisa muito difícil de se fazer não é.

A verdade é que, como em todas as modalidades de desenho, aprender desenho realista nos impõe bastante disciplina e treinamento adequado. Além disso tudo, orientação profissional e uma boa pitada de criatividade e interesse.

Muitos desenhistas que são dotados desse talento, também passaram por bastante treinamento. Também enfrentaram uma série de rotinas e práticas antes de dominar a arte do desenho.

A página com as informações detalhadas sobre o curso está nesse site pode ser acessada clicando aqui.

Aproveite e veja essa matéria interessante que saiu na revista Galileu.


Desenhando caricaturas

caricaturaNão tem nada mais divertido em matéria de desenho do que uma boa caricatura. Ela podem ser provocativas, podem ser utilizadas para entretenimento ou como tiradas sobre o cotidiano político.

Evidentemente que os alvos frequentes são as pessoas famosas, e não poderia ser diferente, afinal de contas o propósito fazer uma associação imediata é chamar a atenção.

A forma mais comum de veiculação são os jornais impressos e gibis. Mostram as figuras de forma exagerada, ressaltando de forma preferencial traços marcantes.

Nesse site também temos uma página dedicada a esse tema que contêm informações suficientes para quem que tiver interesse e quiser aprender a desenhá-las.

Caso queira aprender ou tenha interesse por esse tipo de desenho, aconselho que visite nossa página nesse site, onde irá encontrar mais as informações sobre o curso desse artista chamado Norival Dias.

Trata-se de uma artista bastante ativos e com inúmeros trabalhos realizados e reconhecidos pelos amantes dessa arte do desenho de caricatura.

Assim que você acessar a página poderá ver que trata-se de um método simples e fácil de aprender. lá você terá ter acesso a mais informações, e caso queira conhecer o curso em maiores detalhes poderá ser direcionado a página do artista.

Vá agora mesmo para a próxima página com todas essas informações. Clique aqui para ser redirecionado com toda segurança.


Curso de pintura hidrográfica

A pintura trata-se de transferência de imagem por imersão em água. É uma técnica de impressão realizada em ambiente aquático sobre objetos, que inclusive podem ser em 3 dimensões.

É uma nova técnica de impressão que pode ser aplicada em objetos feitos de plástico, madeira dura, metal, vidro e vários outros materiais.

O material é preparado com um substrato que tem a finalidade de preparar a superficie para maior adesão durante a transferência.

A transferência é completada utilizando filmes que contêm imagens e gráficos transferíveis para o produto a que se destina.

Feito isso após alguns preparativos o produto é imerso e a transferência da impressão se inicia.

Aqui nesse site você pode obter informações e saber como aprender e aplicar essa técnica que pode ser promissora em se tratando de aspirações profissionais.

A página com informações sobre as técnicas empregadas e método desenvolvido para aprendizado podem ser acessada clicando aqui.


Pra quê aprender desenho

As pessoas que tem vocação para desenho estudam e se aprimoram visando tanto o desempenho no campo profissional, quanto a prática de hobby que possa trazer realização pessoal.

Para aprender a desenhar com a máxima perfeição possível, os praticantes devem ser submetidos a treinamentos que miram o constante aprimoramento técnico.

Só assim é possível atingir o objetivo comum que é a produção de desenhos perfeitos e belos.

Dessa forma o treinamento é constante, já que o artista tem por objetivo a partir de observações, retratar da forma mais fiel possível tudo aquilo que vê e merece ser reproduzido.

Todo aspirante a desenhista procura por um impulso motivacional para enfrentar os desafios que o leve a aprender desenho.

Mas afinal de contas, todos nós quando crianças costumávamos desenhar, não importando se fosse com um lápis ou mesmo com o dedo em uma janela embaçada. Diante disso chegamos a conclusão de que a verdadeira aspiração está dentro de nós.

O importante é que nunca se deve desistir de um sonho como esse e acima de tudo pensar que que hoje você poderá ser melhor que ontem. Só assim poderá de forma constante avaliar o seu progresso.

Os objetivos de quem desenha são escalonáveis, e isso ocorre durante todo o tempo. Isso significa que se você hoje é capaz de desenhar a simples figura de um boneco, no futuro irá sentir a necessidade de partir para algo mais desafiador.

O artista sempre irá buscar por algo novo que complemente suas habilidades. Deve ter a consciência de que sempre terá algo para aprender.


Instrumentos de desenho

Canetas

Quando se transfere a tinta que está em sua forma líquida para uma superfície plana. Isso também ocorre quando se utiliza o pincel, que representa um método muito mais antigo de expressão.

A caneta de pena que era utilizada principalmente na idade média, e posteriormente as canetas-tinteiro também podem ser utilizadas de acordo com a técnica empregada.

O grafite hoje é um dos instrumentos mais utilizados, sobretudo para dar vida aos desenhos realistas.

lapis
O grafite tem vários graus de dureza que facilitam a aplicação da técnica desenvolvida e posta em prática pelos artistas.

O giz também é um material bastante utilizado, e tem sido assim durante muitos anos. Também tem seus graus de dureza que permitem a aplicação de várias técnicas. Os gizes atualmente utilizados são produzidos de forma especial, após serem pulverizados, lavados e compactados em bastões.

Tipo de desenho

O desenho que de longe é o mais praticado, sem dúvida alguma é o da figura humana. Ao lado de desenhos que retratam paisagens é talvez o que todas as pessoas um dia fizeram ou tentaram fazer.

Através do desenho também tem sido ao longo do tempo mostradas situações comuns que envolvem o dia a dia das pessoas. São situações ligadas ao trabalho, a diversão, ao estudo e a convivência humana de forma geral.

Temas imaginários como fantasia também tem um enorme público e são bastante populares. São ilustrações surreais e fantásticas que alimentam o imaginários das pessoas.

Também não se pode deixar de mencionar os desenhos de caricaturas que retratam as pessoas ou os animais de forma exagerada em seu traços. Nessa arte os personagens são colocados em vários contextos e situações sugestivas.


História do desenho

O que se tem notícia é que o desenho começou durante a idade da pedra em abrigos rochosos e cavernas. O instrumento utilizado era nada mais nada menos que um pedaço de pedra afiada.

Esse instrumento rústico criado a época serviu para criar as primeiras gravuras pré-históricas. Mais tarde o carvão passou a ser largamente utilizado como meio de expressão no desenho.

pintura rupestreAs pinturas rupestres que são representações artísticas da era pré-histórica, são um dos primeiros exemplos de desenho na história da arte. Foram produzidas na Mezopotâmia – depois Iraque – e também foram encontradas na China e no Egito.

Eram a forma como os homens primitivos se expressavam e foram realizadas sobre as superfícies rochosas tanto no ar livre quanto nas cavernas.

Também utilizavam como forma de expressão a escultura ao utilizarem pedra, madeira e ossos.

Geralmente representavam animais, pessoas e plantas, além de vários sinais gráficos que certamente utilizavam na época. Trata-se de arte com difícil interpretação e é cercada de mistérios e controvérsias.

No entanto é consenso que ilustravam em sua maioria cenas do cotidiano, como os afazeres relacionados a rituais e caça.

Voltando para os tempos mais atuais nos deparamos com a arte indígena, que também não deixava de ser arte primitiva. Foram realizadas pelos povos habitantes da América e descobertas com a chegada dos exploradores como Cristovão Colombo.

Entre esses povos estão os Maias, Incas e Astecas que representaram sua arte na Colombia. Esse povo se expressou e contou suas histórias não somente através dos desenhos, mas também através de templos admiráveis que foram contruidos com pedras.

O desenho na idade média

Na era atual o desenho como produto artístico e acabado iniciou-se em fins do século XIV. Por esse motivo os desenhistas reconhecidos naquela época praticavam pintura, ilustração e a partir daí surgiram os artistas gráficos com trabalhos destinados a impressão.

Durante a época renascentista na Itália surgiram diversas formas e experimentos relacionados a arte da pintura e desenho.

Foi ali onde surgiram nomes importantes como Fra Angelico que se expressava através da tinta. Foi com essa técnica que produziu a obra do profeta David que agora está exposta no Museu Britânico em e Londres na Inglaterra.

Também Antonio Pisanello, Jacopo Bellini, Fra Filippo Lippi entre outros tiveram grande influência e se utilizaram de materiais diversos como o giz preto.

Posteriormente na alta renascença, artistas como Luca Signorelli e Michlangelos utilizaram em suas obras de arte giz em cores como preto, vermelho e também o branco.


Por fim um vídeo do YouTube mostrando um trabalho de desenho de mangá sendo realizado.


Curso de Caricatura – Os segredos da caricatura

Curso de pintura hidrográfica

Curso de desenho realista

error: Content is protected !!